Notícias



Fique por dentro das últimas notícias:


 
 

As Políticas de Investimentos estabelecem princípios e diretrizes a serem seguidos na gestão dos recursos correspondentes às reservas técnicas, fundos e provisões, sob a administração da Entidade, visando atingir e preservar o equilíbrio atuarial e a solvência dos Planos de Benefícios.

Os princípios, metodologias e parâmetros estabelecidos nas Políticas de Investimentos buscam garantir, ao longo do tempo, a segurança, liquidez e rentabilidade adequadas e suficientes ao equilíbrio entre ativos e passivos do plano, bem como procuram evitar a exposição excessiva a riscos.

As Políticas de Investimentos compreendem todos os itens previstos no Capítulo V da Resolução do Conselho Monetário Nacional – CMN, Nº 3.792, datado de 24 de setembro de 2009. O horizonte é de sessenta meses, conforme especifica a Resolução do Conselho de Gestão da Previdência Complementar – CGPC, Nº 7, de 4 de dezembro de 2003.

As Políticas de Investimentos dos Planos de Origem (BD-1), Saldado (PSI), de Contribuição Definida (PCD) e de Gestão Administrativa (PGA), para o período 2013 – 2017 foram aprovadas pelo Conselho Deliberativo do INERGUS em reunião realizada em 26/12/2012.

Os textos completos das Políticas de Investimentos encontram-se disponíveis no menu “Empresa – Info. Gerenciais”.


A DIRETORIA EXECUTIVA
 

 

Voltar